Nossa história

Nossa história

O empresário e presidente do Instituto Rizzo, Leonardo Rizzo, fala sobre a importância de ações que valorizem a cultura e a identidade goianas

Publicado dia 17 de março de 2020

***Por Leonardo Rizzo

Fui aluno do Colégio Alcide Jubé, na Cidade de Goiás. No ginásio de esportes da escola, joguei bola com meus amigos e guardo bons momentos da minha infância. Ainda assim, a derrubada da quadra que tantas lembranças me trazem, trouxe um sentimento ainda melhor: o da esperança.

Das ruínas podemos agora avistar um dos mais belos edifícios da Cidade de Goiás, antes escondido pela construção escolar: o Palácio da Instrução, a primeira edificação em estilo art déco do Estado.

Escondida durante décadas – foi construída no segundo mandato de Brasil Ramos Caiado – volta a deleitar moradores e turistas que passeiam pelas ruas de pedra da Vila Boa.

Resgatado por decisão do governador Ronaldo Caiado – sobrinho de Brasil – o prédio de pé direito alto e grandes janelas agora pode ser admirado por todos. E por esse ato de coragem, parabenizo o governador.

Sua ação traz visibilidade a esse edifício histórico e me dá esperanças de que esse é um passo decisivo na direção do resgate da cultura e história de Goiás. Outros passos terão que ser dados a partir de agora, obviamente.

Especialmente passos que nos levarão ao resgate do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental, o nosso FICA. Aclamado pela crítica e amado pelos goianos, o FICA nos traz orgulho e pertencimento. É um dos acontecimentos culturais mais ansiosamente esperados por quem ama nosso Estado e a Cidade de Goiás. Tenho certeza, que o governador Ronaldo Caiado, ele mesmo com fortes raízes fincadas na Vila Boa, dará a atenção merecida ao Fica e a nossa cultura em 2020 e nos anos vindouros do seu governo, como todos esperamos.

Do meu lado, posso assegurar, que como filho de Goiás, cidadão, empresário e amante das artes, estarei sempre de mãos dadas com a cultura.

*** Leonardo Rizzo é empresário e presidente do Instituto Rizzo