Leitura Estratégica

Infectologistas orientam sobre importância das vacinas para adolescentes e adultos

Especialistas realizam bate-papo e tiram dúvidas da população em campanha de conscientização e vacinação


Apesar do acompanhamento rigoroso do calendário da vacinação durante a primeira infância, a atenção com as imunizações precisam continuar nos anos posteriores, ao longo da vida. Mas, equivocadamente, é grande o número de pessoas que deixa de ser diligente com esse cuidado depois que cresce. Para orientar o público adolescente, jovem e adulto sobre quais vacinas devem ser tomadas, e de acordo com a faixa etária, o Órion Shopping, em Goiânia, promove neste sábado, 27, um dia inteiro de atividades voltadas à conscientização e vacinação da família, onde infectologistas prestarão esclarecimentos gratuitamente, em um bate-papo aberto, que começa às 9h. Inscreva-se aqui ou pelas redes sociais do Órion Business & Health Complex.

No evento, os infectologistas Christiane Kobal, Boaventura Braz de Queiroz e Edgar Berquo Peleja falarão sobre vacinas necessárias na adolescência e as imunizações voltadas às mulheres que pretendem engravidar. Na roda de conversa estarão em pauta também as vacinas contra meningite que precisam ser tomadas conforme a idade do usuário. “A pessoa que não toma as vacinas indicadas para sua faixa etária acaba ficando suscetível às doenças infecciosas, que poderiam ser prevenidas com a imunização. Nesse cenário, cria-se então uma camada considerável da população desprotegida de doenças graves, como as hepatites A e B, meningite meningocócica e o sarampo, que infelizmente voltou a aparecer no Brasil, especialmente na região Norte”, diz a infectologista Christiane Kobal.

Gestora de marketing do Órion Complex – onde fica o Órion Shopping – e uma das organizadoras do evento no mall, Patrícia Naves explica que neste dia acontecerá também uma grande campanha de vacinação, pela rede privada. Serão disponibilizadas doses das vacinas de gripe quadrivalente e trivalente; meningo B e meningo Acwy; hepatite; e DTPac adulto. “É uma iniciativa que servirá justamente para todas as pessoas se imunizarem e colocarem em dia seus calendários de vacinação”, comenta Patrícia.

Baixa taxa de vacinação acende alerta

Segundo o Ministério da Saúde, a taxa de cobertura de vacinação de todas as quatro vacinas necessárias para o público adulto (hepatite B, febre amarela, tríplice viral e dupla adulto) está abaixo do ideal. A tríplice viral mesmo, que protege do sarampo, caxumba e rubéola, tem taxa de cobertura de apenas 4,7%, patamar considerado baixíssimo pela pasta. “É um perigo enorme. Porque depois que passa a infância, entra na adolescência e depois na fase adulta, perde-se o hábito de comparecer ao médico e mostrar o cartão de vacina. Esta situação aumenta bastante a probabilidade de se contrair doenças infecciosas graves”, diz a infectologista.

De acordo com Christiane Kobal, a vacina de gripe quadrivalente protege dos vírus Influenza AH1N1, AH3N2, B/Brisbane e B/Phuket. A trivalente age contra os vírus AH1N1, AH3N2, B/Brisbane. A meningo B e a meningo Acwy atuam na imunização contra meningite meningocócica. A vacina DTPac adulto, por sua vez, oferece proteção contra difteria, tétano e coqueluche. “Importante salientar que essas doenças infecciosas se manifestam com muito mais gravidade nos adultos do que nas crianças. Isso ocorre devido a fatores inerentes à interação entre os vírus e os organismo das pessoas, que passam por muitas mudanças ao longo da vida”, acrescenta Christiane.

SERVIÇO

Dia de conscientização e vacinação no jovem e adulto

Data: sábado, 27 de abril

Horário: 9h às 17h

Local: 1º andar do Órion Shopping

Endereço: Av. Portugal, esquina com Av. Mutirão, Setor Marista, Goiânia (GO)

Inscrições: Inscreva-se aqui ou pelas redes sociais do Órion Business & Health Complex.

Informações: (62) 99648-4317

Infectologistas orientam sobre importância das vacinas para adolescentes e adultos

Especialistas realizam bate-papo e tiram dúvidas da população em campanha de conscientização e vacinação


Apesar do acompanhamento rigoroso do calendário da vacinação durante a primeira infância, a atenção com as imunizações precisam continuar nos anos posteriores, ao longo da vida. Mas, equivocadamente, é grande o número de pessoas que deixa de ser diligente com esse cuidado depois que cresce. Para orientar o público adolescente, jovem e adulto sobre quais vacinas devem ser tomadas, e de acordo com a faixa etária, o Órion Shopping, em Goiânia, promove neste sábado, 27, um dia inteiro de atividades voltadas à conscientização e vacinação da família, onde infectologistas prestarão esclarecimentos gratuitamente, em um bate-papo aberto, que começa às 9h. Inscreva-se aqui ou pelas redes sociais do Órion Business & Health Complex.

No evento, os infectologistas Christiane Kobal, Boaventura Braz de Queiroz e Edgar Berquo Peleja falarão sobre vacinas necessárias na adolescência e as imunizações voltadas às mulheres que pretendem engravidar. Na roda de conversa estarão em pauta também as vacinas contra meningite que precisam ser tomadas conforme a idade do usuário. “A pessoa que não toma as vacinas indicadas para sua faixa etária acaba ficando suscetível às doenças infecciosas, que poderiam ser prevenidas com a imunização. Nesse cenário, cria-se então uma camada considerável da população desprotegida de doenças graves, como as hepatites A e B, meningite meningocócica e o sarampo, que infelizmente voltou a aparecer no Brasil, especialmente na região Norte”, diz a infectologista Christiane Kobal.

Gestora de marketing do Órion Complex – onde fica o Órion Shopping – e uma das organizadoras do evento no mall, Patrícia Naves explica que neste dia acontecerá também uma grande campanha de vacinação, pela rede privada. Serão disponibilizadas doses das vacinas de gripe quadrivalente e trivalente; meningo B e meningo Acwy; hepatite; e DTPac adulto. “É uma iniciativa que servirá justamente para todas as pessoas se imunizarem e colocarem em dia seus calendários de vacinação”, comenta Patrícia.

Baixa taxa de vacinação acende alerta

Segundo o Ministério da Saúde, a taxa de cobertura de vacinação de todas as quatro vacinas necessárias para o público adulto (hepatite B, febre amarela, tríplice viral e dupla adulto) está abaixo do ideal. A tríplice viral mesmo, que protege do sarampo, caxumba e rubéola, tem taxa de cobertura de apenas 4,7%, patamar considerado baixíssimo pela pasta. “É um perigo enorme. Porque depois que passa a infância, entra na adolescência e depois na fase adulta, perde-se o hábito de comparecer ao médico e mostrar o cartão de vacina. Esta situação aumenta bastante a probabilidade de se contrair doenças infecciosas graves”, diz a infectologista.

De acordo com Christiane Kobal, a vacina de gripe quadrivalente protege dos vírus Influenza AH1N1, AH3N2, B/Brisbane e B/Phuket. A trivalente age contra os vírus AH1N1, AH3N2, B/Brisbane. A meningo B e a meningo Acwy atuam na imunização contra meningite meningocócica. A vacina DTPac adulto, por sua vez, oferece proteção contra difteria, tétano e coqueluche. “Importante salientar que essas doenças infecciosas se manifestam com muito mais gravidade nos adultos do que nas crianças. Isso ocorre devido a fatores inerentes à interação entre os vírus e os organismo das pessoas, que passam por muitas mudanças ao longo da vida”, acrescenta Christiane.

SERVIÇO

Dia de conscientização e vacinação no jovem e adulto

Data: sábado, 27 de abril

Horário: 9h às 17h

Local: 1º andar do Órion Shopping

Endereço: Av. Portugal, esquina com Av. Mutirão, Setor Marista, Goiânia (GO)

Inscrições: Inscreva-se aqui ou pelas redes sociais do Órion Business & Health Complex.

Informações: (62) 99648-4317